Legislação Ambiental

Cuidado! A sua Empresa pode estar em Desacordo com a Legislação Ambiental

Os dados foram submetidos a análise temática de conteúdo e a análises estatísticas, a fim de investigar associações entre as variáveis.

A percepção das MCGs foi considerada confusa,; os adolescentes as percebem como um problema ambiental genérico e as confundem com outros problemas, como a poluição pelo acúmulo de lixo.

A importância da percepção do ambiente de aprendizagem é justificada por sua influência na maneira do usuário lidar com o ambiente e suas demandas.

Sabe-se, portanto, que essa percepção pode ser influenciada pela convivência diária, pela boa estrutura física da escola e pelas relações afetivas estabelecidas nesse local.

Responsabilidade Ambiental E Cuidado Com O Meio Ambiente

Na primeira são discutidos os dados quantitativos que mostram indicadores de percepção e intenções de práticas do grupo em estudo. Nas duas seções seguintes, de forma qualitativa, são discutidos os dados referentes ao conceito de cuidado ambiental e o conceito de sala de aula, de acordo com o contexto da literatura na área correlata.

A rede da palavra-estímulo cuidado ambiental composta das dez palavras mais significativas para o estudo, sendo notório, que cinco dessas palavras (preservação, limpeza, cuidado, respeito e reciclagem) apresentam uma conotação positiva ligada a uma ação, ou seja, comportamentos de cuidado com o ambiente.

Além disso, nota-se o destaque da palavra limpeza, que pode servir como um parâmetro que permite o questionamento sobre qual é a relação desse grupo de estudantes, no que se refere a preservar e propiciar um ambiente de estudo favorável, em termos de limpeza e cuidado.

Além disso, tais achados complementam a compreensão mais ampla sobre o significado psicológico de cuidado ambiental e sala de aula, conforme analisada a seguir.

A escolha se deu 1) por serem elementos que fazem parte do contexto escolar; 2) por existirem poucos artigos que abordam integralmente o termo sala de aula; e 3) para estudar o conhecimento sobre cuidado ambiental voltado para o ambiente da sala de aula. Com isso, o primeiro bloco serviu como exemplo para apresentar a forma de respostas esperadas, e foi composto pela palavra-estímulo política.

O segundo bloco, no entanto, foi destinado para a lista de palavras definidoras e a hierarquia da palavra-estímulo sala de aula. Já o terceiro bloco foi utilizado para a palavra-estímulo religião, palavra distratora, que serviu para quebrar o viés no raciocínio.

O quarto bloco foi utilizado para a lista de definidoras e a hierarquia da palavra-estímulo cuidado ambiental. As respostas as RSN foram dadas com base em um tempo médio estipulado de 1 minuto e meio para cada bloco.

Cuidado Ambiental

Quando analisado o papel institucional, 51,1% dos estudantes responderam que não existe incentivo por parte da escola para o cuidado com a sala de aula, como parte do contexto escolar.

No entanto, foi constatado que 52,2% destes estudantes também não têm nenhum interesse para ingressar em um possível projeto de conscientização ambiental.

Diante disso, entende-se que a sala de aula é um espaço de aprendizagem formado por recursos e estruturas que podem propiciar ou não aos seus usuários uma percepção de ambiente agradável.

Sobre o cuidado ambiental, 46% afirmaram praticá-lo, havendo pouca variação entre os tipos de ações mencionadas com indicações para as estação de tratamento de efluentes coprocessamento de resíduos..

Os adolescentes que mencionaram praticar essas ações, assim como práticas de coleta seletiva e reciclagem, foram os que mais mencionaram causas do problema das MCGs, o que sugere que eles as percebem de maneira associada à temática do lixo.

tratamento de afluentes

Além disso, os adolescentes que mais indicaram responsáveis pela ocorrência das MCGs foram os que relataram se engajar em ações de plantação de mudas, economia de energia elétrica e campanhas de conscientização, sugerindo a existência de associações entre a atribuição de responsabilidade pelas MCGs e o cuidado ambiental.

A exploração desses conceitos busca auxiliar na promoção de medidas de educação ambiental, ampliando o escopo de ações praticadas pelos adolescentes para além das questões relativas ao lixo, pois, apesar de sua reconhecida importância, a diversidade de comportamentos também pode ser estimulada, incluindo outras ações de mitigação das MCGs em nível local.

As discussões são apresentadas em três seções com o propósito de atender ao objetivo de analisar a percepção dos alunos frente às práticas de cuidado com a sala de aula.